Endometriose
Conselhos de Saúde

Endometriose

A endometriose afeta cerca de 10 % das mulheres em idade fértil e a sua origem pode ser multifatorial.

A endometriose é uma doença que pode afetar a mulher desde a primeira menstruação à menopausa.

Estima-se que a incidência de endometriose em Portugal seja de cerca de 700 000 casos.

 

O que é a endometriose?

A endometriose é uma doença que afeta a mulher desde a primeira menstruação à menopausa.

Em mulheres afetadas por este distúrbio, ocorre o desenvolvimento do endométrio (tecido que reveste o útero) fora do útero, formando massas com maior ou menor extensão.

Durante a menstruação, o endométrio descama e é eliminado sob a forma de fluxo menstrual. Ao mesmo tempo o endométrio fora do útero também descama, causando uma pequena hemorragia interna que pode despoletar alguns sintomas que podem interferir com a qualidade de vida da mulher.

 

Onde se desenvolve?

Os locais mais comuns para o desenvolvimento da endometriose são:

  • Os ovários
  • As trompas de Falópio
  • O intestino
  • As áreas que rodeiam o útero

Nas formas graves da doença, pode atingir:

  • O reto
  • A vagina
  • Os ureteres
  • A bexiga
  • Algumas formas de endometriose profunda podem ainda lesar o diafragma e o pulmão.

 

Quais são as causas?

Apesar de ser considerada uma doença «mistério», existem várias hipóteses para possíveis causas, como:

  • Refluxo do conteúdo menstrual
  • Componente genética
  • Distúrbios no sistema imunitário.

 

Quais são os sintomas?

Nos casos mais leves, pode não existir qualquer manifestação. No entanto, a sintomatologia mais frequente é a dor, por exemplo:

  • Durante a menstruação ou entre os períodos menstruais

Durante ou após relações sexuais;

Durante a micção ou a defecação.

Um sintoma bastante típico nesta patologia é também a dificuldade em engravidar. Nas formas graves e raras, podem coexistir outros sintomas:

  • Perdas de sangue antes da chegada do período menstrual
  • Menstruação abundante
  • Náuseas
  • Saciedade precoce.

 

Como é realizado o diagnóstico?

Os sintomas referidos podem ocorrer em doenças como a síndrome do intestino irritável dificultando por vezes o diagnóstico correto.

Assim, a endometriose é diagnosticada tendo em conta a simultaneidade do fluxo menstrual com as queixas apresentadas, qualquer que seja o órgão afetado.

Em casos mais específicos pode haver necessidade de recurso a técnicas cirúrgicas para confirmar o diagnóstico: laparoscopia* e outros exames como colonoscopia.

O mais correto é que a mulher seja observada cerca de 3 a 4 dias antes do período menstrual. Por essa altura, já se podem ver os nichos (chamados «olhos de perdiz»), prestes a descamar.

 

*Laparoscopia:

Técnica que consiste em fazer pequenas perfurações para fazer uma inspeção visual interna do órgão com uma pequena câmara.

 

Qual é o tratamento?

A endometriose pode ser tratada de várias formas, dependendo de fatores como:

  • Tipo de sintomas e a sua gravidade
  • Localização e extensão
  • Desejos relativamente a gravidezes futuras
  • Idade e outras patologias.

O tratamento tem como objetivo tratar a dor e a infertilidade, bem como eliminar as massas de endometriose.

As opções gerais de tratamento são:

  • Terapêutica não farmacológica – utilização de bolsa de água quente na zona abdominal, repouso, meditação e «dieta anti-inflamatória»
  • Terapêutica analgésica e/ou hormonal – alivia os sintomas mas não diminui a extensão das massas de endometriose, nem melhora a fertilidade
  • Tratamento cirúrgico – indicado para casos graves com invasão de outros órgãos e com queixas de infertilidade ou falha na terapêutica farmacológica.

Apesar de não ter cura, pode ser controlada. Em mulheres que não pretendem engravidar, a pílula é um excelente método que irá contribuir para a atrofia do endométrio, diminuindo deste modo a progressão da doença e intensidade das queixas.

 

Catarina Santos

Farmacêutica na Farmácia Arade

 

Quer ter acesso a artigos de saúde ?👇
Veja o nosso Blog : Conselhos de saúde

Veja as nossas promoções👇
Farmácia Online