Pé de atleta
Conselhos de Saúde

Pé de atleta : como tratar e prevenir

Saber o que é para cuidar e prevenir

O pé de atleta é uma micose nos pés que é provocada por um tipo de fungos que são designados por dermatófitos.

O pé de atleta é uma patologia causada por fungos que se alimentam de células mortas da pele e de queratina do cabelo e das unhas. É uma infeção altamente contagiosa por contacto direto.

É essencial saber o que é o pé de atleta, como prevenir e como tratar, uma vez que se não se tratar esta infeção pode alastrar-se para outras partes do corpo.

Vamos então responder a algumas questões frequentes sobre o pé de atleta.

 

O que é o pé de atleta?

Vulgarmente conhecida como micose dos pés, esta palavra tem origem grega (Mikos), que significa fungo.

A micose causa comichão, descamação, maceração e fissuras.

Pode estender-se à superfície plantar dos pés e atingir também as unhas, podendo ainda disseminar-se para outras áreas da pele.

Existem três tipos principais deste problema:

  • Vesicular – forma mais grave e menos comum. Formam-se pequenas bolhas no peito e na planta do pé, que podem rebentar e causar feridas
  • Plantar – afeta a planta do pé, o calcanhar e a zona lateral. Apresenta descamação e inflamação
  • Interdigital – forma mais comum. A infeção ocorre nos espaços interdigitais dos dedos dos pés, podendo estender-se a todo o dedo

 

O doente com pé de atleta pode contagiar outras pessoas?

Pode, uma vez que a doença é contagiosa. A transmissão efetua-se pelos esporos do fungo, especialmente em locais fechados, pouco arejados e húmidos.

 

Como se transmite?

É mais frequente o contágio em locais como piscinas e balneários públicos ou através do uso de toalhas mal lavadas.

O ambiente quente, húmido, fechado e escuro que algum calçado proporciona também é favorável ao desenvolvimento dos fungos.

 

Quais são os sinais e sintomas?

  • Comichão
  • Dor
  • Maceração, descamação e gretas interdigitais
  • Secura e fissuras nos bordos laterais dos pés
  • Inflamação e rubor da pele

Se a pele não for tratada, pode continuar a abrir fissuras e gretas, podendo levar a um grande desconforto e dor, bem como originar um cheiro desagradável.

 

Como prevenir?

  • Lavar e secar bem, diariamente, os pés
  • Observar regularmente os pés para detetar alguma alteração
  • Trocar de meias todos os dias, utilizando de preferência meias de algodão
  • Alternar os sapatos, para que estejam bem secos e arejados quando os calçar novamente
  • Usar sapatos confortáveis
  • Nunca andar descalço em piscinas ou balneários

 

Se transpira muito dos pés, deve usar Mycosana Pó, que desodoriza de imediato, absorvendo a transpiração e reduzindo o mau odor, não danificando as meias e sapatos. Previne a infeção fúngica nos pés e unhas, bem como a recontaminação.

Mycosana pó

É também aconselhável usar Mycosana Protect Spray Antifúngico, um spray resistente à água, que cria uma barreira protetora de 12h, neutraliza o mau odor, refresca de imediato os pés e restaura a barreira natural da pele.

Mycosana spray

Como tratar o pé de atleta?

Existem alguns antimicóticos locais que podem ser adquiridos nas farmácias, sem receita médica.

Mycosana Pé-de-Atleta elimina 99,9% dos fungos que causam pé-de-atleta, aliviando de imediato a comichão, ardor e mau odor.

Tem um sistema de aplicação única, que consiste num pincel de precisão, higiénico e fácil de utilizar, que impede a disseminação do fungo para outras partes do corpo.

É adequado para diabéticos e crianças com mais de 4 anos.

Mycosana pé de atleta

 

O pé de atleta pode ser transmitido para as unhas?

Uma das complicações mais frequentes do pé-de-atleta é o contágio do fungo para as unhas, que pode ocorrer se o problema não for tratado.

Esta alteração nas unhas chama-se onicomicose (micose nas unhas) e é frequente observarmos que estas ficam mais espessas, com coloração diferente, que pode ser esbranquiçada ou amarelada, podendo também apresentar-se descoladas do leito, ou apresentar depósitos “farinhentos” que frequentemente cheiram mal.

prognóstico da doença é mais favorável se for realizado um diagnóstico assim que surgem os primeiros sinais. A onicomicose tem cura, sendo o seu tratamento lento e prolongado.

O crescimento da unha pode demorar até 12 meses, devendo o doente, durante este processo, ser paciente e persistente, para o sucesso do tratamento e evitar possíveis recidivas.

O sucesso do tratamento das onicomicoses passa também muitas vezes por uma boa limpeza das lâminas ungueais, de forma a retirar toda a unha afetada e limpar o leito ungueal, para que a unha nova cresça saudável.

Mycosana unhas possui um Kit completo que inclui limas descartáveis, para um resultado visível mais rápido, normalmente 2 semanas. Possui ainda um aplicador em pincel que permite alcançar as zonas de difícil acesso. Trata e previne fungos das unhas, é incolor e inodoro e pode ser usado por diabéticos e crianças com mais de 4 anos.

Mycosana unhas

Quanto mais cedo for detetado a micose mais rapidamente se pode controlar o problema. Quanto mais cedo se iniciar o tratamento melhores e mais rápidos são os resultados.

O tratamento deste problema tem de ser feito até ao fim, mesmo depois do desaparecimento dos sintomas, para que não haja risco de a infeção voltar.

Conte connosco para o ajudar a prevenir , tratar e cuidar dos seus pés!

 

Para saber mais sobre as doenças dos pés leia aqui o nosso artigo sobre esse tema.👇

Ler artigo «Como prevenir e tratar as doenças dos pés».

Quer ver mais opções de produtos para os pés?👇

Veja a nossa montra de produtos para os pés. 

Quer ter acesso a artigos de saúde ?👇
Veja o nosso Blog : Conselhos de saúde

Veja as nossas promoções👇
Farmácia Online